Aquele que de entre vós…

novembro 29, 2012 at 12:29 pm Deixe um comentário

         “E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.”

João 8:7

  Nessa noite tive um insight” podemos dizer assim. Minutos antes de eu pegar no sono me veio a mente esse evento citado no trecho acima, e pensei nas consequências da nossa cristandade na atualidade.

  Uma das primeiras coisas que me veio a mente foi uma reportagem que vi em algum site/blog tipo fotolog que acessei (hehe), um camarada declarado ateu disse que a prova cabal de que Deus não existe é o fato de que os cristãos não conseguem seguir os ensinamentos que Ele deixou (parafraseando né, não eram específicamente essas palavras).

  Aí comecei a refletir quando nós como “igreja” (e a coloco entre aspas, porque não acho que isso seja mesmo Igreja) começamos a atacar uns aos outros e esquecemos de textos como o de I Co 12:14:27.

  Nesse texto em particular que iniciei o post que foi o que me despertou do sono, lembrei de ter lido certa vez no site do Caio Fábio um texto em que ele falava que a mulher adúltera estaria seminua ali na frente de seus acusadores, e fiz essa analogia com quando somos atacados pelos nossos próprios “irmãos” que com pedras na mão e dedo em riste, apontando o erro e fazendo o papel do acusador mor (se tá ligado quem é esse acusador né?) nós que somos acusados nos sentimos envergonhados, despidos, nus.

  Ao invés dos irmãos trazerem ajuda, compaixão, suporte (estes, parte dos ensinamentos de Cristo), essas “Bênçãos” de pessoas acabam nos colocando mais para baixo, nos deixando mais nus, mais envergonhados, mais oprimidos.

  Sou contra uma má interpretação que alguns fazem do texto de Rm 5:20 dizendo que ali está a permissão para pecar e errar a vontade, pois “onde abundou o pecado, superabundou a graça”.

  Bom, o texto ficou maior do que planejei, nem sei se etve muito sentido, mas o que gostaria de deixar do aprendizado que tive é:

  “Não julgueis, para que não sejais julgados.

   Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. 

   E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?

 Mt 7:1-3

Anúncios

Entry filed under: Amor, Cristianismo. Tags: , .

What is physics? Em 2013 não desista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Põe teu e-mail ai cara, vou te mandar um e-mail de volta e sempre que eu escrever algo novo se vai ficar sabendo primeiro que os outros... hehehe

Junte-se a 9 outros seguidores

Calendário

novembro 2012
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Feeds

RSS Ocasional

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Visitas

  • 123,261 Abençoados que visitaram o blog

Meus updates no twitter

Arquivos


%d blogueiros gostam disto: